DISNEYLAND PARIS

Oi genteeeee!!! Aqui é a Nat, tudo bem?

Hoje quero contar uma experiência mágica para vocês e aproveitar para dar umas dicas sobre esse lugar incrível: a Disney de Paris, antiga Eurodisney.  

Eu já tinha ido outras vezes mas essa foi a primeira vez que fui no inverno e com o Romeo. Em Paris é bem fácil ir para a Disney, é só pegar o trem RER estação Marne-la-Valle-Chessy e a estação é praticamente na porta dos parques (a viagem leva uns 45 minutos).

A última vez que fomos foi no verão, e obviamente o parque estava abarrotado. Dessa vez escolhi uma segunda-feira em pleno inverno para ser mais tranquilo e aproveitarmos. Qual foi a surpresa? Nunca vi uma Disney tão lotada na vida!!! Tinha tanta gente mas taaaaanta gente que assustamos de ver.

Esse ano a Disneyland Paris completa 25 anos (por coincidência peguei os 25 anos da Disney Orlando também), e o parque estava todo enfeitado, bem lindo. Outro ponto legal é que alguns gramados estavam em tons de inverno nas cores azuis e cinza, incrível.

São dois parques, Disneyland Paris que é equivalente ao Magic Kingdom e Walt Disney Studios que é equivalente ao Hollywood Studios, e você pode optar por ingressos individuais ou ingresso para dois parques em um dia. Optamos pelos dois parques já que eles não são muito grandes valia a pena fazer os dois.

Chegamos literalmente no meio de uma tempestade de neve. Parecia que a Elsa tinha apertado o play e os flocos de neve gigantes e lindos davam um ar ainda mais mágico para os parques. Achei os parques muito bem preparados, nada de neve acumulada no chão e nem pisos escorregadios. O frio em compensação estava cruel nesse dia.

Aproveitamos o começo do dia para curtir com o Romeo. Ele se apaixonou pelo Pato Donald, correu na neve e adorou os brinquedos apesar de ainda não entender. O preferido obviamente foi o carrossel, já que ele adora os “pococós”, cavalos na língua dos adultos. Mas também aproveitamos as mini montanhas russas que tem os temas dos filmes e o clássico Small World.

O Parque tem vários estacionamentos de carrinhos, mas como todos são a céu aberto, a capa de chuva foi essencial para não molhar de neve enquanto estávamos nos brinquedos. Estávamos famintos para almoçar e acabamos optando por uma lanchonete. A fila estava quilométrica. Para o Romeo levamos papinha pois não sabíamos o que encontraríamos e eu não tinha reservado um restaurante. O Rogerio se acomodou e deu o almoço dele enquanto eu pedia os lanches. Quando cheguei ele já estava alimentado e dormindo igual um anjo.

Na parte da tarde nós dois resolvemos aproveitar. Somos apaixonados por brinquedos radicais e a facilidade da Disney para pais é que só um pega a fila. O que vai primeiro avisa na saída do brinquedo que a outra parte do casal está com um bebê e eles entregam um passe rápido para você entrar direto no brinquedo. Meus preferidos: “Star Wars Hyperspace Mountain”(a antiga Space Mountain), The Twilight Zone of Terror”(o elevador que cai) e o Castelo da Bela Adormecida que tem uma decoração lindinha dentro. Quando o Romeo acordou ainda conseguimos aproveitar um pouco mais com ele.

Senti falta das barraquinhas e lojinhas que ficam abertas nos parques durante o verão e a primavera e de ver mais personagens pelo parque, acho que até eles estavam com frio hahahaha

Na saída aproveitamos para fazer umas comprinhas na mega loja Disney Village e na saída do parque demos um jantar decente para o Romeo no Planet Hollywood.

O passeio foi incrível. Apesar do Romeo ainda não entender a proposta da Disney ele ficou encantado com as cores, a música, os personagens, foi lindo de ver!!! Repetiria com certeza mas optaria por estações do ano mais fresquinhas.

Quem estiver por lá sozinha, com amigos, em casal ou com filhos vale muitooo a pena! Disney é sempre Disney e um encantamento e uma diversão estão sempre garantidos!!!

Gostou desse post? Aproveite e veja também o post onde falo de Paris para iniciantes. É só clicar aqui!

Beijos da Nat!

O DRAMA DA AMAMENTAÇÃO

Oi genteeee! Aqui é a Nat, tudo bem??

Hoje vim contar um pouco para vocês sobre meu drama com a amamentação.

Umas das coisas mais tensas na minha gravidez foi saber se eu poderia ou não amamentar. Em 2013 fiz uma cirurgia de redução de mama e quando estava grávida li muitos relatos de mulheres que não conseguiram amamentar após essa cirurgia.

Durante a gravidez tive um apoio gigante da minha médica, que sempre foi clara comigo, existe chance de mesmo com a cirurgia você conseguir amamentar ou não, tudo seria descoberto quando o Romeo nascesse. A dica de ouro que a minha médica me deu: para esse e outros assuntos já tenha uma pediatra antes do seu filho nascer, fizemos isso e as duas foram anjos na minha vida no pós parto.

Quando o Romeo nasceu fiquei esperando a mágica do leite vir, esperei, esperei, esperei e nada. Na maternidade tive colostro então o Romeo ainda tinha reservas e estava tudo ok. Voltei para casa e aí começou o pesadelo. Na minha primeira noite em casa o Romeo chorou a madrugada inteira. O que ele tinha? Fome. Primeiro peso na consciência de todos. Primeiro bebê em casa e eu não tinha a mínima noção do que estava acontecendo. Minha sogra teve o start e na mesma hora liguei para a pediatra do Romeo que me orientou a comprar o leite, chamar uma técnica de amamentação e continuar insistindo no peito para ter estímulo.

O Romeo só chorava, mesmo mamando fórmula foi uma semana louca. Quando a técnica foi me visitar descobrimos duas coisas: a primeira é que eu tinha uma produção de leite baixíssima, a segunda era que saia muito pouco leite quando o Romeo sugava então ele ficava cansado e usava o peito como chupeta, o que obviamente machucava a mamãe aqui. Qual foi a solução? Uma mamadeira e uma sonda. De três em três horas eu colocava uma mamadeira com leite e uma sonda no peito para que o Romeo tomasse o leite de fórmula e estimulasse o pouco leite materno que eu podia oferecer. Eu fazia isso de manhã, de tarde, de noite e de madrugada. Demorava 1:30hs para amamentar nesse processo e depois começava tudo de novo.

Nesse meio tempo o Romeo começou a sofrer e chorar muito e detectamos que ele tinha alergia a proteína do leite. Um mês fazendo esse processo, regulando a minha alimentação, dando leite especial e mesmo assim ele continuava com cólicas insanas, intestino preso, irritação. Foi quando eu tive que tomar uma decisão: tirar o peito. Foi horrível. Minha mãe, meu pai e meu marido me falaram que era a melhor coisa, que eu e o Romeo sofríamos muito nesse processo de sonda, alergia, etc… mas o peso na consciência era gigante.

Posso dizer que a amamentação foi um trauma na minha vida. Onde você olha tem a mensagem “é importante amamentar o filho até dois anos”. Na lata de leite tem isso, na propaganda tem isso, em aplicativos de bebê a mensagem grita na sua cara e minha vontade era falar: EU NÃO AMAMENTO PORQUE EU NÃO TENHO LEITE E NÃO PORQUE EU NÃO QUERO. Mil perguntas se passaram na minha cabeça: sou menos mãe por isso? Meu filho fica mais doente por isso? Será que eu deveria ter mesmo feito essa cirurgia anos atrás?

Hoje sou bem resolvida nesse assunto mas foi um tema que me incomodou por muito tempo. Hoje sei que sou tão mãe quanto as mães que amamentam até os dois anos, que se meu filho fica resfriado não é porque tomou fórmula e sim porque o outono chegou e que é o amor que oferecemos que faz a diferença nessas horas. Mas assim como todas as mães passamos por momentos mais sensíveis no pós parto. Hoje o Romeo é um bebê enorme, que se alimenta super bem e que já não tem mais alergia e eu olhando para trás vejo que foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado.

Gosto de contar essa história para pessoas próximas e hoje resolvi me abrir aqui, esse é um tema que é muito pouco falado e achei importante compartilhar.

E vocês, como passaram na amamentação? Conhecem alguém que já passou por isso! Me contem tudo!

Beijos da Nat

MEUS 5 RESTAURANTES PREFERIDOS EM SP

Oi genteeeee!!! Aqui é a Nat!!! Tudo bem?!

Como uma boa taurina adoro uma refeição bem feita e em lugares legais!

Hoje quero contar para vocês sobre os meus cinco restaurantes preferidos em SP e um pouco de cada um! Aproveitem que o fim de semana está aí para provar!!!

Le Jazz

Com um ar de bistrô e ambiente acolhedor e aconchegante o  Le Jazz tem um menu maravilhoso além de muita gente bonita! Comece pelo vinho e peça de aperitivo o camembert empanado. Para a  entrada o Calamar à Lá Carbonara (meu  preferido da vida!) e o ovo Mollet. De prato principal sou suspeita com o Steak Tartare ,que é delicioso, e de sobremesa Creme Brulée! Amo ir lá com as amigas para beber vinho e jogar conversa fora. Também é perfeito para curtir um ambiente em casal!

Mori Sushi

Na minha opinião o melhor rodízio japonês de São Paulo! As entradas e pratos quentes são diferenciados e o peixe está sempre fresquinho. Ponto alto para a trouxinha de camarão, o camarão empanado, uramaki com alho e o porquinho (salmao, cream cheese, couve crispy e camarão empanado). De sobremesa você tem uma bola de sorvete Haagen Daz. Recomendo a unidade dos Jardins! Vontade de repetir todos os dias!

 Cacilda

Adoro o Cacilda pelo ambiente família que ele oferece. Muito bom para levar crianças ou ir em família. Os pratos são grandes e muito bem servidos, além de saborosos. Para acompanhar o chopp de lá é Mara!!! Amo a picanha com arroz biro biro e a entrada de filé mignon com gorgonzola! Eles também têm massas e saladas maravilhosas.

Bullger

E quem aqui não amaaaaa um bom hambúrguer? São Paulo tem uma quantidade gigantesca de opções mas eu sou apaixonada no Bullger! Hambúrguer sempre fresco e a batata frita (meu fraco) é com páprica e pode ter molho de queijo em cima! Único ponto fraco: o espaço não é muito grande e sempre tem muita gente então a fila geralmente é longa. O atendimento é excelente!

Camelo

Sabe aquela pizza mara que você ama comer no domingo à noite? A minha sempre é da Camelo! Com massa fina e recheio saboroso a pizza é diferenciada! E seeempre chega quentinha quando pedimos por delivery! Minha preferida? Peito de Peru, catupiry e cebola! De comer rezando! Para quem gosta a Camelo também tem um strogonoff de comer de joelhos!

E vocês? O que curtem na hora de escolher um restaurante? Me contem aqui nos comentários!!! Quem não for de SP deixem dicas de restaurantes legais na cidade de vocês!!!

Beijos da Nat!!!

AS 5 MAKES INDISPENSÁVEIS

Oi genteeeee!!!! Aqui é a Nat!!! Tudo bem???

Hoje vim contar para vocês sobre as 5 makes indispensáveis  do meu dia-a-dia! Não vou falar de um ritual completo de maquiagem mas vou dizer o porque não vivo sem esses produtinhos incríveis.

1 – Corretivo: herdei da família uma das coisas que mais me incomodam-olheiras! Já fiz alguns tratamentos mas até  agora só encontrei algumas soluções temporárias. Soma-se ao fato de que eu tenho um bebê que nunca dormiu a noite inteira e voilá! As olheiras estão sempre presentes e em alguns dias mais escuras. Eu costumo misturar dois, um líquido e um cremoso! Meus preferidos hoje: Clinique all about eyes concealer (amo!!! Uso a cor 1 que é mais clara mesmo) e MAC studio fix concealer (cor NW 20)

2 – Blush: sou a louca do blush!!!!! Amoooooo! Tenho de várias tons e vou sempre variando! Meu truque é: um blush bronzer por baixo e um blush rosa por cima! Fica demais! Hoje uso: Guerlain Terracota (ele é divino, da uma cor incrível) e MAC Gentle da linha Mineralize, ele tem um pouco de brilho

3 – Rímel: sou viciada em rímel e sempre uso dois juntos! Não existe fórmula secreta, sempre compro diferentes e vou misturando. Gosto do rímel mais encorpado e que realmente da uma diferença no olhar e sempre invisto em um mais caro e outro mais acessível. Os de agora são: Maybelline The Falsies Feather Look e Lancôme Hypnôse Drama.

4 – Pó compacto: prefiro base mas sinceramente tenho muita preguiça de passar base todos os dias, então uso o pó para dar um acabamento mais uniforme na pele. Acho pratico para o dia a dia e versátil caso precise retocar. O meu é o queridinho de todas: Shiseido (nem ideia da cor)

5 – Fix: três borrifadas de Fix no rosto e a maquiagem da um efeito mais bonito e dura muito mais! Em casa passo a Fix da Mac (comprei uma com aroma de flores que é maravilhosa!) e na bolsa deixo sempre a “água da beleza” da Caudalie! Além de tudo elas são refrescantes e dão uma retocada na pele!

E vocês? Quais são os produtos indispensáveis na rotina diária de make? Contem tudo aqui!!!

Beijosss da Nat!

DICAS DE COMO SE ORGANIZAR NO DIA A DIA

Oi genteeeeeee!!!! Aqui é a Nat!!!!! Tudo bem???

Uma das maiores dificuldades do meu dia a dia sempre foi me organizar. Sabe quando você fica o dia todo fazendo mil coisas e no final do dia tem aquela sensação frustrante de que no final não fez nada? Pois então, essa era a minha rotina.

Como uma taurina com ascendente em virgem (o signo neurótico da organização) eu comecei a me incomodar e muito com essa situação. Eu não queria sair do trabalho, por exemplo, e saber que eu tinha deixado um monte de pendências para o dia seguinte. Eu não queria gastar, gastar e a conta não fechar no final do mês porque eu não conseguia organizar as minhas finanças. E eu queria me programar para ter hábitos melhores de vida e de alimentação. O que eu fiz para mudar? Aqui vão algumas dicas!

Primeira dica, a que mudou minha vida e melhorou a minha rotina: um planner. Sim, parece besteira que uma agenda vá mudar os seus hábitos mas não é. Eu amo o planner porque ele é mais que uma agenda. Eu sou muito visual e adoro escrever. A divisão de dias da semanas, checklists e calendários, tudo de uma maneira prática me fez conseguir ver as coisas de outra maneira.

Há três anos eu adotei essa técnica e simplesmente não consigo largar mais. No planner eu organizo todas as minhas tarefas e vou cobrindo com marca texto tudo o que eu realizei no dia. Adoro usar marca texto de várias cores porque me dão uma sensação maior de dever cumprido (cada louco com a sua mania né). O planner que eu uso desde sempre é o da Paperview. Acho ele lindo, colorido, cheio de adesivos legais para dar um tchan a mais. Para quem não faz questão do papel existem planners online também que podem te ajudar! Depois disso raramente deixo uma tarefa pendente para o dia seguinte. É simplesmente maravilhoso!!!

Para organizar as finanças minha dica é: faça a velha e básica planilha! Anote lá seus gastos fixos como conta de celular, água, luz, tv a cabo, etc e vá anotando seus gastos variáveis como gasolina, por exemplo. Coloque o valor que você recebe mensalmente na base da planilha e faça com que o valor dos seus gastos vá subtraindo do valor total. Anote diariamente cada gasto que você faz no seu cartão de crédito para não correr riscos e se você parcelar já faça a planiha dos próximos meses com essas parcelas para não perder o controle. Uma dica: tenha em mente uma porcentagem do valor para você guardar por mês e uma porcentagem para gastar- anote na planilha e não perca o foco! (aprendi viu pai!!!!)  Como uma boa gastadeira essa é uma parte que eu demorei para absorver. Uma das coisas que ainda estou desenvolvendo e foi dica do meu pai economista é: anote absolutamente tudo que você gasta por dia nessa planilha: café, pão de queijo, um chiclete, tudo!! Isso confesso que ainda não faço 100% mas é o passo que estou colocando em ação.

E como organizar as coisas que eu quero mudar no meu dia a dia? Deixo tudo organizado na noite anterior. Se quero sair com a minha lancheira para não comer besteiras durante o dia eu preciso deixa-la organizada na noite anterior, idem academia. Se minha mala com a roupa e nécessaire não estiverem prontas um dia antes eu vou me atrasar ou então vou desistir. É uma das maneiras de ter foco na tarefa e deixar tudo mais organizado.

 

Essas dicas são realmente preciosas e vem me ajudando muito nesses últimos anos. Depois que eu virei mãe e minha rotina ficou mais louca ainda elas estão cada dia melhores e se aperfeiçoando.

E tem mais: não tente mudar tudo de uma vez que as chances desistir são maiores. Comece com o que for mais fácil e vá se aperfeiçoando. Um hábito leva ao outro.

E vocês como fazem para se organizar?

Me contem e deixem suas dicas aqui!!!

Gostou desse post? Que mais dicas? Clique aqui e confira  o post com dicas de como arrumar a mala para um feriado tranquilo.

Beijos da Nat!!!

PARIS PARA INICIANTES

Oi genteee!!! Aqui é a Nat!!! Tudo bem?

Hoje vamos falar do meu lugar preferido no mundo! PARIS!!!!

Paris é aquela cidade que você pode ir uma ou mil vezes e você sempre vai sair apaixonada! Algumas coisas específicas me encantam: a simetria da cidade, as luzes a noite (cidade Luz né gente), a Torre piscando, os jardins, a vista do Sacre Coeur, a Praça da Concórdia, dentre muitas outras coisas…

Aqui algumas dicas bem práticas para você que vai conhecer Paris pela primeira vez. E para quem for ficar uns dias a mais, algumas dicas extras imperdíveis! Então… vamos lá!!!

Em Paris esqueça taxis, motoristas e carros. O trânsito é caótico nível São Paulo! Ande de metrô que é prático e te leva de qualquer lugar para todos os lugares. Quando for ao metrô pela primeira vez verifique qual o melhor tipo de passe para a viagem (dependendo da quantidade de dias e viagens por dia), muitas vezes vale a pena fazer o cartão ao invés de comprar tickets avulsos. Não espere metrôs limpos e cheirosos, eles não são, o único que tem esse ar é a linha amarela que faz a Champs Elysees. A maioria dos outros são estações e trens antigos, mas vale a praticidade ok?

Quando chegar no hotel pegue um mapa de Paris, aquele que tem todas as estações de metro, e leve ele para todos os lugares- item básico de sobrevivência! Se perder seu mapa não se preocupe, quase todas as estações de metrô tem um e os centros de informação turística também!

Para quem não faz questão não vale a pena perder tempo almoçando em restaurantes, a não ser que você só consiga uma reserva nesse horário! Comam uma baguete nas diversas padarias e lanchonetes  ou um Kebab na Rue de Rosiers -bairro Marais (a mais famosa de kebabs em Paris, vale a pena). Deixe para sentar e relaxar no jantar, quando você já explorou bem a cidade e quer tomar um vinho ou uma cerveja para relaxar, além de comer bem, claro!!!

As famosas baguetes de Paris

Paris tem muitos restaurantes maravilhosos, aqui que eu súper recomendo:

Leon de Bruxelles, moules maravilhosas com batata frita a vontade e chopp. Sempre vou no da Champs Elysees. O clima é gostoso, o atendimento é bom e o ambiente mais descontraído.

Minha primeira vez em Paris e no Leon! Amo a comida de lá!

Publicis Drugstore: também na Champs Elysees, restaurante mais arrumado, comida MARAVILHOSA! Melhor steak tartare que já comi na vida!

Steak Tartare de comer rezando!

Monsieur Bleu: restaurante da moda súper badalado em – Paris- reservem com antecedência. Lá tudo é lindo! O lugar, a comida, a vista da Torre, até os garçons! Melhor mil folhas de todos!!!!

Les Ombres: Restaurante lindo também de frente para a Torre (reservem)! Comida e vinho muito bons, vista LINDA a noite, restaurante com perfil mais chic, tem que ir arrumado.

Vista do Les Ombres. Encantadora!

Ainda não consegui ir no L’avenue, que é concorridíssimo e precisa reservar com muita antecedência. Se alguém for me conta, porque boatos que ele é divino!

As atrações turísticas você pode fazer mais de uma por dia. Tentem ir cedo ou no final da tarde para os museus. Dica de ouro! Duas vezes por semana o Louvre fica aberto até às 21:00hs, nesses dias você consegue ver a Monalisa sem empurra empurra e o museu fica muito mais tranquilo! As igrejas podem ser feitas no meio do dia.

Aqui os pontos turísticos imperdíveis:

Museu do Louvre – metrô 1 e 7 até Palais Royal. O museu é gigantesco, reza a lenda que você precisa de um ano para conhecer o museu inteiro. Chegando pegue um mapa e vá direto para a ala dos pintores italianos, Venus de Milo e das múmias egípcias, é o que vale mais a pena!

Meu quadro preferido do Louvre fica na parede oposta a Monalisa! Uma Santa Ceia gigante e cheia de informações

Saindo do Louvre faça o passeio lindo pelo jardim das Tuileries e vá andando até a Praça da Concórdia, onde Maria Antonieta foi guilhotinada. Para mim um dos lugares mais lindos de Paris! Pare no centro da praça ao lado das fontes e admire a simetria de Paris. De lá você também ve perfeitamente as cúpulas de ouro dos monumentos da cidade.Você também pode fazer o caminho inverso. Chegar na Champs Elysée, ir pelas Tuileries e depois do museu do Louvre.

Praça da Concórdia. Pare ali atrás na fonte e veja a simetria dessa cidade linda.

Igreja da Madeleine – (pertinho da praça da concórdia, você ve a igreja de lá!)- não é a mais linda, mas vale entrar pra ver! Nessa mesma praça tem o Fauchon, que tem doces deliciosos e um ar de boutique. Para quem gosta é um bom lugar para comprar Marron Glacê.

Sacre Coeur– metrô 12 até Abesses. A Igreja mais linda de Paris, a vista é sensacionaaaal! Na minha opinião não vale a pena subir na cúpula das igrejas, você perde muito tempo. A Igreja fica no bairro de Montmatre, lá tem várias lojinhas de tecido, pinturas e muitas lojas turísticas também.

O meu lugar no mundo! Sacre Coeur! Amo o lugar, as missas, o bairro e a vista maravilhosa da cidade que você vê do alto das escadarias

Museu Dórsay-metrô Solferino. Museu lindo que fica dentro de uma antiga estação de trem. Lá você encontra Monet e muitas outras obras de artes incríveis!

Saint Chapelle (metro Cite)-visita rápida- igreja dos vitrais! Vale a pena principalmente em dias de sol, onde os vitrais refeletem a luz.

Notre Dame: A igreja mais famosa de Paris fica em uma praça lindinha. Tem que entrar e ver a Igreja por dentro. Vale a visita.

Igreja da N S Medalha Milagrosa-metrô Sèvres-Babylone: para muitos a Igreja mais linda de Paris. Cheia de delicadeza e em tons de azul a Igreja é pequena e acolhedora. Para os católicos assistir a missa lá é emocionante. Vale passar na loja das freiras e comprar medalhas por um bom preço.

Jardin du Luxembourg – O parque é maravilhoso!!!!O mais bonito de Paris e cheio de atrações. O ponto ruim é que ele é um pouco fora de mão.

Torre Eiffel – Para chegar na Torre você tem duas opções de metrô mas a minha recomendação é descer na estação Trocadero onde você vai ter uma das vistas mais lindas de Paris! A Torre é a atração que vai ocupar mais seu tempo em fila! Vale a pena comprar o ingresso no Brasil e subir até o segundo andar ou terceiro andar- por mais alto que seja a vista dos dois é basicamente a mesma. A vista é deslumbrante, eu nunca consegui subir a noite, mas dizem que também é lindíssimo.

A vista!!! Descendo na estação Trocadero você vê a torre desse ângulo! Um dos melhores lugares de Paris para fotografar!

Versailles – trem RER C5 – vale passar o dia mas antes verifiquem a previsão do tempo!!! Eu sou completamente apaixonada por esse lugar! Vá primeiro o palácio e depois aluguem um carrinho que vai até o Petit Trianon (refúgio de Maria Antonieta), Grand Trianon e Jardins. Tudo lá é incrivelmente lindo, principalmente os jardins e a sala dos Espelhos dentro do Castelo. Para quem for passar o dia pegue um aúdio guia que conta todas as curiosidades dos cômodos do castelo.

Passeio de carrinho em Versalles! Amo demais esse lugar! No inverno só tem os carros coletivos, mas vale a pena também!!! Evite, apenas dias de chuva e neve!

Diney de Paris : São dois mini parques com tudo que a Disney costuma oferecer de melhor- inclusive as filas intermináveis em qualquer estação do ano. Vale a visita se você tiver tempo e não for se stressar de pegar filas.

O Castelo da Bela Adormecida tem uma decoração lindinha dentro

Vale do Loire: Esse passeio específico vale a pena fazer pela Paris City Vision- empresa de turismo famosa em Paris, que tem tours em muitos idiomas, inclusive português (verifique as datas no site deles e compre com antecedência). Para mim o mais lindo de todos, você visita três castelos em um dia,é completamente mágico e cheio de história. Fiquei noiva em um deles (qualquer dia conto essa história aqui). Vá se você tiver dias de folga em Paris.

Amboise é um dos castelos lindos do Vale do Loire

Giverny: A casa e os jardins de Monet. Também vale a pena fazer de excursão. O lugar é lindo, florido, encantador. Faça se tiver tempo. Se tiver que priorizar um passeio vá ao Loire.

E como não poderiam faltar algumas lojinhas imperdíveis:

H&M – tem uma em cada esquina de Paris- loja barata com bastante coisa legal! A melhor fica atrás da Galeria Lafayette. Vale olhar a seção de acessórios e bijouterias, cheia de coisas legais e baratex.

Galeria Lafayette– tem todas as marcas de luxo, de segunda-feira costuma ficar LOTADA porque os museus fecham, tem milhares de japoneses comprando a rodo!

Le Bon Marche – do lado da igreja da N S da Medalha Milagrosa- é a galeria preferida das parisienses, tem todas as lojas da lafayette com muito menos turistas! do lado tem um supermercado M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O , vale comprar umas coisinhas.

Sephora – A loja de maquiagens mais incrível da Sephora fica na Champs Elysees.Mulheres amam, maridos odeiam. Muvucada e cheia de gente ela tem todas as opções que você imainar de maquiagem e é cheia de consultores para te ajudar (muitos falam português). Eu moraria lá dentro hahahaha.

Loja da Disney – A loja da Disney da Champs Elysees é super fofa e vale comprar um mimo se você não for para a Disney.

Na calçada esquerda da Champs Elysees  (olhando para o Arco) tem todas as lojas te esporte: Nike, Adidas, loja do Paris Saint Germain e uma loja linda de brinquedos.

Deixem para ir na Champs Elysees fazer compras a noite, muitas lojas ficam abertas até 23:00hs.

Avenue Montaigne: A avenida onde você encontra as marcas mais famosas. É linda, cheia de gente elegante e marcas incríveis: Chanel, Celine, Dolce & Gabbana, Ferragamo, entre muitas outras.

Paris tem infinitas opções das mais aconchegantes as mais turísticas. Essas na minha opinião são imperdíveis para uma primeira visita.

Vale lembrar: Paris tem muitas filas em especial no verão, então se programem com antecedência. Outra dica: cuidado com carteiras, bolsas e documentos. Batedores de carteira existem (e muito) por lá.

Os hotéis de Paris costumam ter quartos pequenos. Recomendo redes internacionais (ex: Best Western, Hilton, etc…) que tem um bom serviço e quartos bons. Fiquem em regiões mais centrais e perto de estações de metrô. Não compensa ficar longe.

Espero que gostem!!! Me contem depois que usarem as dicas!!!

Gostou do post? Clique aqui e confira também o post onde conto minhas aventuras em Londres.

Bjs da Nat

LENÇOS: O ACESSÓRIO DE TODAS AS ESTAÇÕES!

Oi genteeee!! Aqui é a Nat, tudo bem?

Hoje vim falar de um dos meus acessórios preferidos: Os lenços!!!! Em seus diversos formatos e tamanhos eles são peça chave para deixar qualquer produção mais estilosa e dar um tchan em looks monocromáticos.

Um lenço estampado para dar um charme a mais na produção

Diz a lenda que os lenços surgiram no Egito Antigo e desde então tiveram várias funções: eles são usados no pescoço, para cobrir os cabelos, amarrados no punho como pulseiras, em forma de bandanas, pashminas, echarpes, lenços de seda…temos uma variação enorme dentro desse universo.

A tradição de cobrir os cabelos em alguns países

O lenço é muito utilizado para proteger do frio mas ele também pode ser um acessório incrível para produções em dias mais quentes. Nessas ocasiões lenços de seda ou de tecidos mais leves são perfeitos! Por que não se arriscar e criar uma produção incrível com esse acessório em pleno verão?

No verão também pode!!! Shorts e lenços por que não?

Eu sou fã número um desse acessório. Um dos exemplos é que adoro usar um lenço colorido amarrado no punho na virada do ano novo! Assim consigo colocar todas as cores que eu quero atrair para o ano com um único acessório!

Minha maneira preferida de usar: lenços estampados ou coloridos no pescoço, detalhes que acrescentam em uma produção e fazem toda a diferença!

Misturando estampas! Lenço florido, casaco xadrez e bolsa de onça! Um #tb para mostrar meu amor antigo por esse acessório

No meu armário invisto em lenços de diversos tipos, tamanhos, cores, estampas e materiais. Desde lenços comprados em lojas de departamento até um lenço de seda da Hermes, meu xodó! Uma outra forma de usá-los: amarrados nas alças das bolsas e como cinto! Fica um charme!!!

Look básico com o lenço que faz toda a diferença!

E os homens? Eles também podem abusar dessa tendência!!!! Como a variação de cores nas roupas não costuma ser tão grande o lenço traz um detalhe a mais na produção! 

O lenço quebra o visual e da mais charme para os homens!

E vocês? Amam esse acessório ou ainda precisam de um pouco mais de coragem para usá-los?

Quer mais dicas de moda? Clique aqui e confira o post que falo sobre uma peça que eu AMO! As Camisas!

Beijos da Nat!