ESSENCIAIS DE OUTONO / INVERNO

Oi genteee! Aqui é a Nat, tudo bem?

Já contei para vocês que essas são as minhas estações preferidas do ano! AMO um friozinho, os looks, o sol de inverno, as comidinhas… Aqui vão algumas dicas delícia para curtir o outono/inverno nesse feriado que vem aí e durante toda a estação!

Looks:

Tire os casacos e os lenços do armário! Dá para montar mil e um looks estilosos e quentinhos com essa dupla! Misture estampas e cores (sim, pode!) e em dias de sol use um óculos escuro mara para completar a produção!

Casaco + Lenços + Óculos!

Acessórios:

Como nosso pescoço e braços geralmente ficam cobertos invista em anéis e brincos poderosos! Mix de anéis (que está muito em alta) e brincos diferentes dão um charme especial ao visual!

Filmes:

Frio, coberta, sofá... o que pode ser melhor do que filmes que tem sequência? Eu adoro quando passa um intensivão Harry Potter ou Crepúsculo. Cinquenta Tons também é uma boa pedida para uma sessão sofá!

Meu preferido! Harry Potter e a ordem da fênix!

Comidinhas:

Tem filme, tem pipoca!!! Compre pipocas diferentes ou faça em casa com temperinhos especiais! Lemon pepper, manteiga Ghee (fica mara), fondor, queijo ralado… se joga na mistura! Outra coisa que não pode faltar é um bom brigadeiro de panela e um foundue para curtir com os amigos! E o vinho, é clarooooooo!!! Quer um prato mais especial? Invista em um carbonara! Fácil de fazer e muito saboroso!

Pipoca! O petisco perfeito para o frio!

Séries:

“The Crown”. Aproveite que o casamento real ainda está quentinho na mente e assista essa série maravilhosa que conta sobre o reinado da rainha Elizabeth II.

The Crow – A série que me fez ficar grudada na TV

Livros:

Romances, romances e mais romances!!! Meus especiais recém lidos:  “Mais que amigos” (Lauren Layne); “ Sem Fôlego” (Abbi Glines); “Fique Comigo” (Jennifer L. Armentrout) e “Engano Irresistível” (Vi Keeland)- amei todos!!!

Livro lindo, leve e com amor!

Detox do armário:

Aproveite para realinhar as energias, desapegar e colocar o armário em ordem!! Ligue o som no máximo e coloque a animação nessa limpeza! (Tem post aqui dando dicas do detox!)

Playlist especial:

Faça uma playlist que tenha tudo a ver com você! A minha é um mix de tudo um pouco! Tem John Mayer, tem sertanejo, tem Anitta, tem Backstreet Boys… coloque suas músicas preferidas e ligue o som!

Um pedacinho da minha play list eclética!

E vocês, o que fazem nesses dias de preguiça e muito frio? Contem aqui e aproveitem as dicas!!!

Gostou do post? Clique aqui e  leia também minhas dicas do dia em que resolvi fazer um DETOX do meu guarda roupas!

Beijos da Nat!!!

 

DIVERSÃO COM AS CRIANÇAS

Oi genteeee! Aqui é a Nat!!! Tudo bem?

Outono chegou, inverno chegando. O que fazer com essas crianças cheias de energia dentro de casa?!

No calor tudo é mais fácil, desce para o parquinho, leva na piscina, abre a janela, brinca com água… quando chega o frio tudo fica um pouco mais complicado. Essa semana me vi um pouco sem saída quando para piorar o prédio resolveu reformar a brinquedoteca, então é a hora de pensar em algumas alternativas para gastar toda a energia dessa criançada.

Tá frio, mas eu quero brincar!

Aqui vão algumas dicas:

Chame os amigos! Se você mora em condomínio é ainda mais fácil! Organize com as outras mães e babás e levem as crianças para brincar na casa um dos outros. O ambiente e os brinquedos mudam então a curiosidade fica mais aguçada e as crianças aproveitam a diversão! Para completar a alegria faça um lanchinho coletivo para todos!

Parques ao ar livre: agasalhe a família e vá para o parque! Da para correr, jogar bola, brincar com os bichinhos, interagir com outras crianças e aproveitar o dia!

Brinquedos em shoppings: hoje quase todos os shoppings tem lugares para recreação de bebês acima de um ano. Piscina de bolinhas, brinquedos divertidos e muito animação! O Romeo pira quando levamos ele! Só evito dias muito lotados para esse tipo de programação.

Aquário de SP: se vc é de SP ou está vindo passear com as crianças o aquário é uma ótima pedida!!! O ambiente é gostoso, tem muitos bichos e alguns brinquedos. Só evite levar carrinho de bebê porque os corredores são um pouco apertados. Recomendo muito!!!

Bem bebê no aquário!!! Programa delícia em SP!

Hopi Hari: em dias de frio mas com bastante sol uma opção é o Hopi Hari. Levamos o Romeo ano passado mas achei o parque um pouco caído. Vale a pena para gastar energia, correr e brincar um pouco, além de ser um programa diferente.

Kidzania: para crianças maiores é um programa perfeito! As crianças interagem muito, trabalham, ganham “dinheiro”, se divertem a valer. Dica de ouro: compre com antecendência porque costuma lotar

Sessão cinema em casa: faça uma pipoca e crie um ambiente diferente para ver o filme preferido do seu filho! Interaja nas falas e brinque com ele nesse processo

–  Cabaninha: faça uma cabana em casa e brinque com seus filhos! Entre na brincadeira porque tem coisa mais gostosa do que brincar em família?!

Hoje o essencial é usar a criatividade! Eu tento participar da programação do Romeo o máximo que posso mas quando não estou em casa já deixo o dia pré programado para ele aproveitar muito!

E vocês? O que fazem para distrair a criançada??? Me contem aqui!

Beijos da Nat!!

BUSCANDO A EVOLUÇÃO

Oi genteeee! Aqui é a Nat!! Tudo bem?

Eu sempre fui dessas que ama tarólogos, numerólogos, astrólogos, entre outros. Quando era mais nova todos os meses eu estava em um diferente,  todos os dias abria meu signo para ver como seria minha vibe daquele dia. Mas há alguns anos fui em um numerólogo que me disse coisas bem ruins, não curti e não procurei mais, lá se foram seis anos até a minha nova visita.

Um pouco antes do meu aniversário (5/5) resolvi que queria voltar em uma numeróloga assim que meu ano virasse. Estava preparada para isso e pedi algumas indicações no insta quando uma pessoa querida me fez uma indicação e eu senti que era nesse lugar que eu deveria ir.

É importante ressaltar que sou apenas curiosa nesses assuntos, então estou contando o que eu vivi e o que aprendi e não a teoria exata da numerologia, dos chakras e da constelação familiar.

Fiz minha numerologia no dia 10 de maio e foi MÁGICO. Mesmo já tendo feito outras vezes foi a primeira vez que consegui entender muitas coisas sobre a minha personalidade que nunca tinha entendido antes, ou então não era meu momento exato de entender. A numerologia pega o seu nome e a sua data de nascimento e em cima dessas e de outras informações traça o seu perfil. Além de ter revisto questões como assinatura, como estava o meu novo ano, dias bons para realizar cada assunto, entre outras coisas. Dentro da conversa com a numeróloga ela me indicou outros dois “tratamentos”: o alinhamento dos chakras e a constelação familiar.

Nunca tinha feito nenhum dos dois, mas sai da consulta tão leve que resolvi marcar e os dois foram surpreendentes.

O alinhamento dos chakras foi bem interessante e diferente. Os chakras são nossos pontos de energia. No começo você conversa e conta um pouco o que você quer trabalhar, depois você deita em uma maca, ela fecha seus olhos e vai colocando as pedras nos campos que ela acha necessário, ela vai mudando durante o tratamento e acrescentando ou tirando as pedras quando precisa. Você vai conversando para dizer o que está sentindo. O que senti foi bem intenso. Alguns formigamentos, alguns pontos do corpo esquentando, alguns calafrios. No final ela me chamou para conversar e qual foi a surpresa quando descobri que os meus 7 pontos do chakra estavam negativos! Fiquei um pouco assustada e dentro dos 7 ela me pontou qual estava regendo a negatividade. Entendi que você pode estar com todos positivos, todos negativos ou um pouco da cada. Ela me indicou algumas coisas como pedras para usar, pedras para deixar em casa, alimentos específicos para comer e me pediu para voltar em mais ou menos 20 dias por conta de todo esse desalinhamento.

No dia da constelação recebi a minha maior surpresa. Já tinha ouvido falar e conhecido pessoas que fizeram mas nunca tinha tido o real interesse de fazer. Basicamente todos nós trazemos coisas na vida que foram passadas pelos nossos pais e antepassados, e essas “coisas” impactam a nossa vida em algumas coisas como relacionamentos, vícios, emprego, etc. Na constelação você descobre em qual momento da vida dos seus pais e antepassados isso surgiu, como veio parar até você e a cura e libertação desse processo. Fiz em grupo (não sei se existe individual) mas quem se interessar recomendo que seja assim pois a energia é uma coisa de outro mundo. A sensação de alívio que senti depois de constelar foi tão grande que não sei explicar. E quando vemos que tudo faz parte de coisas inconscientes entendemos muitas coisas que não conseguíamos entender antes.

Fiz os três no mesmo espaço, indicada pela numeróloga Marcia Pugliesi (quem quiser o contato só me pedir no insta). Ela foi como um anjo na minha vida indicada pela Carmem, que foi minha guia nesse processo.

Duas coisas que acredito muito: a primeira é que o universo conspira para que você encontre as pessoas certas e a segunda é que você só deve fazer se estiver bem e de coração 100% aberto. Em todos você vai ouvir coisas que não quer então é muito importante ter clareza e discernimento. A constelação em especial me assustou muito no começo mas eu sabia que era minha hora de viver aquilo e foi especial. Mais uma dica: vá sozinho. Viva isso em um grupo que não te conhece, eu acho que teria travado se tivesse alguém conhecido comigo.

Existem muitas experiências legais nessa área, muitos tratamentos, estudos, curas. Eu voltei a me interessar mas agora sei que preciso me concentrar no que aprendi antes de tentar alguma coisa diferente.

E vocês? Me contem aqui as experiências!!!

Bjs da Nat

ESTUDAR FORA, IR OU NÃO IR?

hotmOi genteeee!!! Aqui é a Nat!!! Tudo bem?

Hoje quero falar com vocês sobre um tema especial: estudar fora.

Desde novinha eu deixava a minha mãe de cabelo em pé dizendoquando eu fizer 18 anos vou estudar em Milão”. Minha mãe chorava que seria abandonada e eu achava que o mundo da moda em Milão seria tudo o que eu sempre quis. Eu cresci e as coisas não aconteceram bem dessa maneira. Entrei na faculdade de moda em São Paulo mesmo  mas sempre tive aquela pontadinha de vontade de fazer um curso fora.

Em 2010 tomei a decisão. Não era um curso longo, mas queria viver essa experiência de morar fora, estudar, conhecer um lugar mais a fundo. Fugindo dos cursos de inglês escolhi estudar francês em Paris. Sempre amei o idioma e já tinha feito alguns cursos de francês em São Paulo. Juntei mais duas coisas ao combo: meu amor por Paris e a facilidade de conhecer outros países durante o período. E como eu estava trabalhando na época optei pelo curso de idiomas de um mês.

Tomando sol no parque depois da aula! Aproveitando meu mês como uma parisiense

Aqui vão algumas dicas para conseguir se programar bem:

Primeiro decida o que você quer fazer: um curso de idiomas? Especialização? Um curso específico da sua área de atuação?

Em segundo lugar defina o idioma: inglês, por exemplo, você pode estudar em vários lugares do mundo.

Em terceiro lugar escolha o país e a cidade: Vá aonde você tem mais vontade de conhecer ou explorar. Viva a experiência como você sempre sonhou.

Quarto ponto: comece a cotar. Existem muitas agências de intercâmbio e os valores nem sempre são suaves. O ideal é programar seu intercâmbio com pelo menos seis meses de antecedência. Na cotação veja o curso e a acomodação (casa de família, residência estudantil ou você pode cotar por conta própria um hotel ou airbnb).

Quinto passo: compre as passagens. Se quiser fazer algum roteiro interno já compre as passagens também. Com antecedência os valores são sempre melhores.

Sexto passo: comece a planejar como ocupar seus dias e explorar mais o lugar que você foi estudar, afinal, estudo, diversão, vivência cultural, tudo isso faz parte né?

Uma das melhores escolhas que eu fiz foi estudar de manhã. Meu curso começava as 7:30hs e ia até 12:00hs, depois disso eu tinha a tarde inteira livre e conseguia viajar de final de semana.  Se dentro do curso escolhido você tiver essa opção aproveite! Não é sempre que você tem uma tarde e noite inteiras livres para aproveitar.

Na acomodação eu optei por uma residência estudantil em um quarto sozinha. Foi bom mas a residência era um pouco afastada do centro da cidade, como eu gosto de bater perna geralmente pegava o último metro na volta e ficava um pouco apreensiva com a região. Hoje eu escolheria um hotel ou airbnb. Casa de família nunca foi um desejo meu, mas para quem quer treinar muito vale a pena.

Outra coisa que fiz além de estudar foi aproveitar muito!!!! Nesse um mês desbravei Paris, tomava sol no parque, aproveitava os restaurantes escondidinhos, fui em lugares que não tinha ido antes. Me programei com antecedência e ainda conheci Londres, Amsterdam, Roma, Firenze e Milão, isso sem faltar nem um dia no curso.

Explorando Londres no meu fim de semana de folga (e a cara de novinha?)

Não deixem a idade impedir vocês de viver um momento como esse. O intercâmbio da uma sensação de que deve ser feito quando somos novos e estamos na escola ou na faculdade. Eu fui com 25 anos, já formada e tenho muita vontade de fazer um curso de um mês de novo. Hoje meu destino provavelmente seria Londres para aperfeiçoar o inglês. Tenho uma queda pela Europa pela facilidade de explorar lugares próximos com um passe de trem ou uma passagem de avião baratex.

Roma também entrou na lista, depois da última semana de aula tive 5 dias off e aproveitei a Itália

Para quem quer se aprofundar ainda mais existem cursos de especialização, pós, MBA, o céu é o limite!

Eu indico MUITO! Foi um momento especial na minha vida, uma fase de transição onde aprendi a ser mais independente, cuidar do meu dinheiro, aprender um idioma novo, conhecer novos lugares e pessoas. No próprio curso tive uma interação cultural muito grande! Conheci pessoas do Japão, Holanda, Espanha, Inglaterra, entre outros.

Quem tem esse desejo no coração se programe e aproveite!!!! E claro, me contem aqui as experiências de vocês!!!

E uma voltinha pela linda Amsterdam! Intercâmbio de idiomas e de culturas!

Beijos da Nat!!!

 

A HORA DAS BOTAS!

Oi genteeeeee!!! Aqui é a Nat!!! Tudo bem??

Hoje vim falar de uma das coisas que eu maaaaais amo no mundo da moda: as BOTAS!!! Com o friozinho se aproximado é a hora de usar e abusar desses calçados mega estilosos! 

As botas dão um tchan a mais e muito especial  em looks do dia a dia ou looks mais sofisticados. O ideal é você achar a bota que mais combina com seu corpo e investir nesse tipo de calçado.

Mas tem isso Nat? A bota tem que combinar com meu corpo? Sim, sim e sim!!!! Existem diferentes tipos de botas: cano curto, cano médio, cano longo, bota meia, cano longuíssimo, salto baixo, salto médio, salto alto, salto fino, salto grosso, e muitas outras combinações. Eu tenho meus alertas: perna grossa e curta- não uso botas cano longo e nem botas que ficam no meio da batata da perna, elas me encurtam e me deixam com pernas mais grossas ainda. Eu amooo as de cano curto com saltos de todo tipo e as de cano longuíssimo (aquelas que vão acima da coxa) que já me deixam mais alongada.

A maioria das botas que tenho são pretas com materiais diferentes: verniz, couro, couro com detalhes. Mas acho divertido brincar com cores de botas, tenho uma vermelha e uma bronze metalizada que eu amo de paixão e fazem uma diferença em um look.  Outro bom investimento é uma bota de onça, em altíssima nessa temporada!!!!

As botas fazem os looks de inverno ficarem mais elegantes, além de serem quentinhas. Podem ser usadas de inúmeras formas e mudar completamente a maneira que você esta vestida. Use com saias, shorts, meia calça, calça de couro, jeans e vestidos. Se você tem um compromisso e vai direto do trabalho comece o dia com uma bota de salto baixo e troque a noite por uma bota poderosa de salto alto, vai fazer toda a diferença!!!

Essa é a hora!!!!! Tirem as botas do armário e arraseeeeeem!!!!! Dúvidas se o look está bom com a bota escolhida? Tirem uma foto e me mandem que vou amar ajudar!!!

Beijoooos da Nat

COMO ORGANIZAR A MALA DE UM BEBÊ PARA UM FIM DE SEMANA FORA EM CIDADES DE CLIMA QUENTE

Oi genteeee!!! Aqui é a Nat, tudo bem?

Nesse último fim de semana nós fomos viajar e toda vez que viajamos fico impressionada com a quantidade de coisas que preciso levar para o Romeo.

Costumo ser prática e compacta então aqui vão algumas dicas:

– Primeiro veja como vai estar a temperatura do local da viagem

– Mesmo sendo verão sempre leve um casaco como segurança

– Sempre deixo uma escova de mamadeira para levar em viagens

– Levo uma necessaire com coisas importantes separadas

 

Agora vamos lá! Divido a mala da seguinte maneira:

-3 bodies por dia

-2 calças por dia

-1 shorts por dia

-4 babadores

-1 casaco

-2 blusas térmicas de piscina

-1 sunga

-1 camisa

-1 camiseta

-1 calça jeans

-8 panos de boca

-6 panos de fralda

-1 toalha para piscina

-4 meias

-1 tênis

Na necessaire:

-shampoo

-sabonete

-pasta de dente

-escova de dente

-remédio para febre

-termômetro

-pente

Na mala ainda levo 2 mamadeiras, escova de mamadeira, fralda, fralda de piscina e uma lata de leite.

Agora na mochila de mão:

– 1 pano de boca

– 1 pano de fralda

– 3 chupetas

– 1 mamadeira de leite

– 1 mamadeira de água

– Separador de leite com 3 medidas

– 5 fraldas

– Pomada

– Lenço umedecido

– Ipad

Ufaaaaaaa! Um caminhão de coisa! Mas arrumo bem organizado porque detesto viajar cheia de coisas.

Bom e eu sou inseparável do carrinho. Enquanto o Romeo usa eu levo para onde for! Idem o Ipad. Importante lembrar também de levar sempre o  documento e a carteirinha do convênio médico.

A dica de ouro é sempre separar tudo antes e só depois ir colocando na mala para conseguir aproveitar todos os espaços!

Espero que ajude para próximas viagens!!! Gostou?

Clique aqui e leia também o post onde falo sobre a mala certa para um feriado tranquilo. Está imperdível!!!

Bjs da Nat!